[Filme] Estrelas Além do Tempo

10:30 Adriana Reis Andrade 0 Commentários



Oiê Pessoal!

Quando vi o trailer de Estrelas Além do Tempo eu fiquei encantada, como assim, mulheres participaram da corrida espacial e ninguém nunca falou nada? E ainda por cima mulheres negras e empoderadas, realmente, além do seu tempo. Óbvio que tinha que conferir!

Mary (Janelle Monáe), Katherine  (Taraji P. Henson) e Dorothy  (Octavia Spencer)

A história se passa no sul dos estados unidos (para quem não lembra a maioria dos estados sulistas americanos demoraram mais para aceitar a não segregação racial, demoraram mais para libertar seus escravos... Quem aqui já viu Loucos do Alabama? Também é um ótimo filme sobre segregação racial, preconceito e feminismo), e assim como hoje (veja só) as mulheres lutam para conquistar seu lugar no ambiente de trabalho, e essa história foca em três mulheres que não trabalham em qualquer lugar, elas trabalham para a NASA (agência espacial americana), mas imagina trabalhar na NASA (um lugar cheio de homi) sendo mulher, negra e ainda por cima no ano de 1961! Imaginou?

John Gleen quebrando o protocolo e cumprimentando as meninas
Pois é, nada fácil... As pessoas “de cor” (colored como eram chamadas) trabalhavam, usavam o banheiro, se alimentavam, usavam o transporte público separadas dos brancos (nossa que absurdo! É eu sei, e quem estudou lembra, porque não tem como esquecer um absurdo desses). Mas não há obstáculo que impeça essas mulheres de tentarem conquistar seu lugar!

A Katherine da vida real e sua versão cinematográfica
Katherine Johnson (Taraji P. Henson) é o computador humano, que faz cálculos inimagináveis de cabeça, sua família percebeu o talento da garotinha e resolveu investir em seus estudos. Mary Jackson (Janelle Monáe – sim, a cantora) quer ser engenheira da NASA, mas toda vez que ela está próxima a realizar esse sonho algo acontece, mas ela não deixa pra lá não, ela se empenha mais! Dorothy Vaugh (Octavia Spencer) é a supervisora de toda a mulherada (negra), mas não é registrada como supervisora apesar de exercer essa função. Nada era fácil para essas mulheres, mas elas não desistiam!

Dorothy da vida real sua versão cinematográfica
Quando Vivian Michael (Kirsten Dunst), procurou Dorothy para saber quem poderia ser o novo computador da Divisão de Controle e Orientação da Divisão de Pesquisa de Voo (resumindo, fazer cálculos para botar o homem em órbita da terra e trazer ele de volta em segurança), mas não pense que foi fácil, a pobre não podia usar o banheiro do novo departamento, tinha que andar uns 800m até seu antigo setor e usar o banheiro para pessoas de cor, até que seu chefe Al Harrison (Kevin Costner), resolveu esse problema). A pobre Mary só queria ser engenheira, mas sempre que ela poderia dar um passo para frente, ela é obrigada a dar dois para trás.

Mary da vida real sua versão cinematográfica

Fica bem claro que não só o mundo está dividido entre o “bem e o mal”, entre o capitalismo e o socialismo, homens e mulheres... Mas entre os negros e os brancos, principalmente dentro de um ambiente que almeja o futuro, mas não enxerga ele. E para que os Americanos possam dar um passo maior que a URSS será preciso muito trabalho em equipe e esquecer esse preconceito ridículo que há entre as cores. No final somos todos humanos tentando viver nesse mundinho.




P.S.: - 1: O Filme foi muio bem criticado e as meninas ganharam o prêmio de melhor elenco no SAG Awards e concorrem ao Oscar de melhor filme, melhor atriz coadjuvante (Octavia Spencer) e melhor roteiro adaptado.




P.S.: - 2: Sobre a utilização do banheiro por Ketherine no filme, li quem na verdade tinha que atravessar a Nasa para usar o banheiro era a Mary, Katherine simplesmente se recusou a usar os banheiros para os "de cor"


P.S.: - 3: O quê mais me entristece é que as diferenças ainda existem, e não apenas lá, mas em todo o mundo quem quiser ler mais um pouco sobre algo que está relacionado a preconceito eis uma matéria que li no Hypeness que fala das dificuldades que Fleury Johnson encontrou no Brasil, ele vem de um pequeno país da África para cursar medicina no Brasil (que tem a maioria de sua população de negros e pardos, olha aqui o link do Fleury Johnson). Espero que curtam o filme e o blog do Fleury.


Até mais 😏




Serviço:
Título Brasil: Estrelas Além do Tempo
Título Original: Hidden Figures
Duração: 2h 6min
Ano: 2017
Direção: Theodore Melfi
Elenco: Taraji P. Henson, Janelle Monáe, Octavia Spencer, Kevin Costner, Kirsten Dunst, Aldis Hodge, Mahershala Ali, Jim Parsons, Glen Powell entre outros
Gênero: Drama Biográfico
Nota: 5/5

0 comentários: