Lori Nelson Spielman - A Lista de Brett - Editora Verus

10:00 Milena Cherubim 1 Commentários


Ai meu Deus! Gente esse livro é muito, muito, muito lindinho. Lembra que eu falei que estou com alguns clubes de livros? Pois é, este foi escolhido para o Clube do Livro Fábrica dos Convites que aconteceu no sábado dia 14 de maio na Livraria Leitura do Golden Square onde trabalho às 15h00.


Ai você está pensando porque eu estou fazendo sempre propaganda aqui? Bem, não é bem uma propaganda né... é mais um aviso que agora estou trazendo alguns eventos lá!!! Portanto fiquem de olho ^_^

O que falar de A Lista de Brett? Eu nunca fiz uma lista de sonhos quando era criança. Nunca tive intenção de fazer uma lista e a ver cumprida. Mas a Brett fez quando tinha 14 anos e sua mãe a guardou.

O livro começa com um funeral, sim... eu já chorei nas primeiras páginas. O que posso fazer? Sou manteiga derretida mesmo. A família de Brett é detentora de uma empresa de cosméticos e quando ela e seus irmãos e cunhadas vão ao advogado pegar a sua parte da herança, Brett descobre que a presidência da empresa que seria sua foi pra sua cunhada. A casa da sua mãe não poderia ser habitada por mais de 30 dias. E para ela receber a sua parte na herança precisava cumprir a lista de desejos que ela escreveu há 20 anos...

Você largaria sua vida por um sonho de menina? Eu provavelmente sim. E a Brett? Com certeza ela fez. Não por ela, mas pela mãe. Algumas coisas na lista eram simples como ser amiga para sempre, ter um cachorro, se apaixonar de verdade, dar aulas... mas outros... ah... não eram tão fáceis assim não. Ter um filho. Ajudar os pobres. Ter um cavalo. Fazer apresentação ao vivo... entre outros.

Ai você me pergunta “Ah, Milena ajudar os pobres? Isso é fácil”. Não meus amigos. Isso não é nada fácil. Você acha que ajudar os pobres é somente doar dinheiro? Infelizmente não é isso. E Brett acabou descobrindo exatamente isso quando foi eliminando os itens de sua lista.

Brett estava em um relacionamento fadado ao fracasso. Era diretora executiva de publicidade na empresa da mãe. Não tinha perspectiva de futuro a não ser virar presidente da companhia quando sua mãe morresse.  Mas o que a mãe de Brett fez foi ao mesmo tempo ótimo e péssimo. Tudo o que estava acomodado foi bagunçado e isso tirou Brett de sua zona de conforto e era exatamente isso que a mãe dela queria. Que sua única filha, ela tinha mais dois meninos, fosse feliz.

Com um prazo de um ano, Brett teve que rebolar para fazer as exigências da mãe. Senão ela não iria receber sua fortuna. O que mais me chamou atenção nesse enredo foi o cuidado que a autora teve ao escrever as cartas que a mãe deixou para a filha. Uma forma de conversar com ela, mesmo estando morta. A mãe de Brett sabia exatamente como era sua filha. O que ela pensava e como agia, assim a troca de cartas cada vez que a meta era cumprida foram mais lágrimas para a conta da Milena. 

O que aprendi com esse livro? Sim, cada livro aprendemos uma coisa diferente, seja um romance ou seja um terror. A moral está lá embutida para que você seja tocado de alguma forma. A Lista de Brett me mostrou que nada é o que aparenta ser. Tudo o que parece estar bom, pode melhorar. Que seus sonhos podem e devem ser realizados. Que dinheiro não é tudo. Ajuda? Com certeza. Mas ver um sorriso no olhar de quem você está ajudando é mais recompensador do que a verba que está na sua conta. O amor existe sim, basta você ver os sinais. Que existe maldade no mundo e eu não sou imune a ela. Porém existe amor também e graças a Deus, não sou imune. Que eu jamais devo me acomodar. Que meus sonhos não devem ser subjulgados por quem quer que seja.

Somos seres individuais que precisamos viver em grupo, mas nem por isso não podemos ter voz. Obrigada Lori Nelson por me proporcionar uma leitura gratificante e emocionante.

Beijinhos


SERVIÇO:

Título: The Life List
Autor:  Lori Nelson Spielman
Tradutor: Ana Death Duarte
ISBN: 978-85-7686-18-9
Assunto: Ficção americana
Páginas: 304
Editora: Verus
Nota: 5/5
Estante: Skoob


Sinopse: Brett Bohlinger parece ter tudo na vida — um ótimo emprego como executiva de publicidade, um namorado lindo e um loft moderno e espaçoso. Até que sua adorada mãe morre e deixa no testamento uma ordem: para receber sua parte na gorda herança, Brett precisa completar a lista de sonhos que escreveu quando era uma ingênua adolescente. Deprimida e de luto, Brett não consegue entender a decisão de sua mãe — seus desejos adolescentes não têm nada a ver com suas ambições de agora, aos trinta e quatro anos. Alguns itens da lista exigiriam que ela reinventasse sua vida inteira. Outros parecem mesmo impossíveis. Com relutância, Brett embarca numa jornada emocionante em busca de seus sonhos de adolescência. E vai descobrir que, às vezes, os melhores presentes da vida se encontram nos lugares mais inesperados.


Um comentário:

  1. Oi, Mi.
    Eu tenho muita vontade de ler esse livro.
    A única coisa que me impede é a falta de tempo! São tantos os livros esperando por uma chance que tenho até ficado triste com isso!
    Mas a dica está anotada! Adoro livros assim!
    beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir