[Filme] Mad Max – Estrada da Fúria

09:00 Adriana Reis Andrade 0 Commentários


Em 2015 - Parte I: Adriana
Olá pessoal! Neste fim de semana eu e o Rafael fomos conferir a continuação (sim, não é remake) de MAD MAX! Eu sinceramente não consigo me lembrar de NADA dos filmes de 1979, 1981 e 1985 com o Mel Gibson, então para mim, não houve comparações entre o antigo e o novo. O Rafael ainda se lembra (velhote), mas eu como sou muito novinha (#SQN) falarei do que vi nesse sábado.

Max, Bolsa de Sangue.



Em um planeta sombrio, seco e quase sem nenhuma vida, vive Max (Tom Hardy), um solitário viajante que é assombrado pelo seu passado, onde as pessoas que ele amava e que acreditavam nele morreram, e isso é uma coisa bem legal, porque ele é um mistério o filme todo, nesse primeiro quase não se conhece nada da sua história.
Max é sequestrado pelos War Boys (Garotos da Guerra) que seguem os comandos do Immortan Joe (Hugh Keays-Byrne). Esse sacana do Immortan mantém mulheres e amas de leite para que seus herdeiros perfeitos possam governar no lugar dele, percebe-se pela aparência dele e de seus filhos que o atual clima terrestre não é saudável para eles, e nem a ninguém, então, o que se vê são lindas mulheres com aparência humana sendo suas escravas sexuais.

Immortan Joe

Furiosa (Charlize Theron) é uma mulher que possuía a confiança de Joe, pelo menos até agora, pois ao roubar uma carga preciosa para o vilão tudo muda, e sua vida cruza com a de Max.
Em um mundo onde a água e a gasolina são tão escassas como os animais em extinção, quem as possui mantém o poder e os utiliza para conseguir o que quer.

Furiosa

O filme é ação do começo ao fim! O diretor George Miller não poupou efeitos especiais e usou o menor número de dublês possíveis.
As cenas de perseguição são empolgantes e de tirar o fôlego! Ainda mais com essa banda animando os War Boys:

Digno de um show de Rock *.*




Enquanto isso em 1979 - Parte II:  Rafael

O primeiro Mad Max é um filme de ação australiano de 1979 também dirigidopor George Miller, tendo um jovem Mel Gibson no papel principal. Ao contrário da obra atual que traz uma forte personagem feminina (Furiosa), a película conta a história de Max Rockatansky (Gibson), um policial rodoviário em uma terra cheia de gangues de motociclistas.
Lançado nos Estados Unidos em 1980, e só mais tarde na Europa,  Mad Max se tornou sucesso de bilheteria e crítica, sendo um dos primeiros filmes australianos a ser filmado com uma lente widescreen anamórfica. (Fonte Wikipédia)

Mel Gibson – O primeiro Mad Max
A obra original teve a vantagem do ineditismo, de praticamente ter iniciado um estilo na época. Em 1981 era vez de Mad Max 2: The Road Warrior (O Guerreiro da Estrada) , conquistar o planeta sendo considerado um dos melhores do ano ao mostrar um mundo desolado por conta de um conflito nuclear por petróleo onde desordeiros e assassinos matam por combustível e água.
Já em 1985 chegava à telinha Mad Max 3 – Beyond Thunder dome (Além da Cúpula do Trovão), que contou com a presença da cantora Tina Turner como a vilã Aunty Entity.

Max (Gibson) no primeiro Mad Max.

Turner e Gibson
Após a destruição da civilização surge Bartertown, uma cidade no deserto com regras mortais com uma governante (Tina Turner) buscando consolidar seu poder a qualquer preço. Max chega à metrópoleem busca de seu carro e coisas roubadas. Lá é forçado a participar de uma luta contra um gigante e seu parceiro anão e, por ter se recusado a matá-los, acaba sendo banido para o deserto onde um grupo de jovens o salva. Agora considerado uma espécie de salvador irá ajudar seus novos companheiros a encontrar uma “Terra” prometida.
Depois de tudo isso deu vontade de assistir no youtube ou caçar os DVDs!





Adriana:
Voltando, aqui você tem duas visões dos primeiros 3 filmes e do atual.
Ambos são emoção pura e muito bem criticados.
Então, O QUÊ VOCÊ ESTÁ FAZENDO QUE JÁ NÃO FOI CONFERIR, HEIM?
VÁ LOGO AO CINEMA!!!
Se você gosta de ação, garanto que não vai se arrepender :)



Mad Max: Estrada da Fúria

Ano: 2015
Com: Tom Hardy, Charlize Theron, Zoë Kravitz, Hugh Keays-Byrne…
Gênero: Ação, Ficção-Científica
Direção: George Miller
Roteiro:George Miller, Brendan McCarthy, Nico Lathouris
Duração: 2h0min







0 comentários: