Incendeia-me

07:30 Érica Guimarães 0 Commentários


Título Original: Ignite Me
Autor: Tahereh Mafi
Tradutor: Bárbara Menezes
ISBN: 978-85-8163-441-8
Gênero: Ficção Norte-Americana
Páginas: 383
Editora: Novo Conceito
Nota: 4,5/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino / Amazon






Sinopse: O destino do Ponto Ômega é desconhecido. Todas as pessoas com quem Juliette se importa podem estar mortas. Talvez a guerra tenha chegado ao fim antes mesmo de ter começado.

Juliette foi a única que restou no caminho d’O Restabelecimento. E sabe que, se ela sobreviver, o Restabelecimento não sobreviverá.
Entretanto, para destruir O Restabelecimento e o homem que quase a matou, Juliette vai precisar da ajuda de alguém em quem nunca pensou que pudesse confiar: Warner. Enquanto eles lutam juntos para combater o inimigo, Juliette descobre que tudo que ela pensava saber – sobre seu poder, sobre Warner e até mesmo Adam – era uma mentira.




Comentários:

Bonjour Anges!!

E nossa parceira Novo Conceito está na época de encerramento de algumas séries, e hoje na nossa “Pilha do Anjo” temos o livro final da trilogia Estilhaça-me. Essa distopia ganhou muitos fãs e todos estavam extremamente ansiosos por esse desfecho. No ultimo dia 02 de junho, a editora fez um hangout com a autora e pudemos ver o quão feliz ela está com a repercussão de sua história e também que não tem mais pretensão de escrever algo dentro desse universo. E isso, hoje, ao terminar esse livro, me deixou meio desesperada...


Juliette quase foi derrubada. No final de “Liberta-me” ela quase foi morta por Anderson, o Supremo dO Retabelecimento. Mas, o amor e a dedicação de Warner traz a garota de volta à luta, sedenta por liberdade, sedenta por justiça e a força de vontade dela contagia os integrantes sobreviventes do Ponto Ômega.

Uma guerra de proporções gigantescas está armada. Juliette quer livrar o país das garras da ditadura não só de Anderson, mas de todos aqueles que matam ainda mais o planeta. E para isso, a garota mergulha ainda mais profundamente em seu interior, conhecendo sua verdadeira natureza, sua verdadeira força.

Esse livro mostrou bem que a Tahereh apesar de estruturar tudo em cima da sociedade distópica e de acrescentar o triângulo amoroso, tinha foco totalmente na vida da Juliette. No hangout ela disse que a intenção dela era mostrar a evolução e o autoconhecimento da protagonista e isso ela atingiu com perfeição. Mas, no meio do caminho, ela deixou lacunas que fizeram os corações dos fãs sangrarem.

Tantas perguntas sem respostas. Tantas situações onde não tivemos certeza absoluta de como terminaram. Mas ao mesmo tempo, é um livro, onde os personagens foram desnudados com maestria, uma narrativa intensa e um clímax de tirar o folego.

Uma das coisas que mais me chamou a atenção foi a evolução da própria Tahereh como autora. Ela, assim como a Juliette, se desenvolveu de uma forma extraordinária, passando mais confiança e ousadia para os textos.

E as cenas quentes (e não vulgares) acrescentadas, deram um toque a mais e ajudou a controlar a chateação com o final aberto do livro. Alias, a briga entre as Team Adam e Team Warner chegou ao final de um jeito bem instigante.

A trilogia Estilhaça-me foi uma das melhores que já li. Ela nos faz pensar sobre o quanto conhecemos a nós mesmos, o quanto sabemos de nossa força interior, o quão confiamos e sabemos sobre nossos instintos e em nossas capacidades. Uma jornada alucinante de uma garota reprimida em busca de um pouco de amor e que encontra um mundo de possibilidades. Se você deseja mais do que uma luta por justiça, mais do que cenas de ação, se procura um conteúdo que alcance a alma, essa trilogia é perfeita pra você.


O Inferno Está Vazio e Todos os Demônios Estão Aqui




0 comentários: