A Escolha

07:30 Érica Guimarães 0 Commentários


Título Original: The One
Autor: Kiera Cass
Tradutor: Cristian Clemente
ISBN: 978-85-65765-37-4
Gênero: Literatura Infantojuvenil
Páginas: 361
Editora: Seguinte
Nota: 4,5/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino / Amazon

Sinopse: Estava cansada da competição. Precisava terminar de vez com Aspen. Lutaria por Maxon. Quando foi sorteada para participar da Seleção, America não imaginava que chegaria tão perto da coroa – nem do coração do príncipe Maxon. Com o fim do concurso cada vez mais próximo, e as ameaças rebeldes ao palácio ainda mais devastadoras, ela se dá conta de tudo o que está em risco e do quanto precisará lutar para alcançar o futuro que deseja.América já fez sua escolha, mas ainda há muitas outras em jogo... Aspen, seu antigo namorado, terá de encarar um futuro longe dela. E Maxon precisa ter certeza dos sentimentos da garota antes de tomar a grande decisão, ou acabará escolhendo outra concorrente.


Comentários:

Bonjour Anges!!

Espero que todos estejam bem e prontos para mais uma leitura da nossa “Pilha do Anjo”. Bem, aproveitei maio foi um mês de altos surtos para mim. Muitos lançamentos de sequencia de série e muitos lançamentos de inicio de séries. Tenho até dó da Josy por me aguentar gritar e saltitar em livrarias ou pela internet namorando os livros.

E bem, quem me conhece sabe que eu estava simplesmente possuída para saber o desfecho dessa trilogia que ganhou o coração de muitas leitoras por aqui. “A Escolha” finalmente chegou, depois de muitos dramas, depois que 31 garotas foram eliminadas na Seleção, chegou a hora de saber quem se tornará a nova rainha de Íllea entre as quatro finalistas.


Elise, Celeste, Kriss e America. Meninas das castas Dois, Três, Quatro e Cinco. Vivem cada vez mais sob a pressão da escolha que o Príncipe terá que fazer. Além da tensão de terem que parecer sempre perfeitas para ocupar o lugar no coração do jovem, essas garotas ainda têm que lidar com as ameaças e os perigos proporcionados pelos rebeldes.

Claro que por ser o desfecho da série não poderei falar muito sobre a história. Apesar de estar louca para colocar para fora muitos comentários sobre cenas e acontecimentos. Mas esse livro foi extremamente prazeroso de ler.

Assim como os dois primeiros, ele não é perfeito. Aliás, se for parar para analisa-lo sem os olhos de uma fã apaixonada, irei apontar muitos defeitos, um deles, senão o mais grave, o fato dos rebeldes parecer ter acesso fácil ao palácio.

Mas, acima de todos os defeitos, a narrativa simples e envolvente, os personagens cativantes, as tarefas das candidatas, a protagonista impulsiva, o príncipe quase encantado e o triangulo amoroso que parte o coração e nos faz torcer por novos casais são ingredientes para uma formula que deu muito certo.

Fiquei muito feliz com o desfecho. Já ouvi muitos por ai reclamando, mas particularmente, achei fantástico, pois seguiu o rumo conto de fadas, sem ser exatamente perfeito e mostrar como a construção de um relacionamento é difícil.

O lado distópico até foi bem fraco, senti que a história criou vida própria e se focou mais no drama amoroso, mas mesmo assim, quando preciso foi, sangue rolou sem poupar nada e nem ninguém. E apesar de sofrer com isso, adorei o fato de o rumo não ter saído tanto a ponto de perder essas características.

Esse livro tratou muito sobre amizade, sobre família e como a sinceridade é tudo em um relacionamento interpessoal de qualquer tipo. Tratou muito também sobre a sociedade e a melhor forma de se conseguir o bem maior para todos, sem injustiças. E mais, falou sobre como manter o caráter sob a pressão de muitos fatores externos. Uma mensagem bem sutil, mas que com certeza dá mais consistência a um livro que seria apenas para mera distração.

Sinto falta de algumas conclusões, alguns nós ficaram meio frouxos, como se ainda tivesse coisas a serem contadas. Não sei se essa foi a intenção da Kiera Cass, mas me deu a esperança de mais alguma coisa ser feita com esse universo como tema. Mas, mesmo com essa falta, a história veio com reviravoltas muito empolgantes. Fiquei extasiada com alguns acontecimentos.

Falando em mais coisas a serem lançadas, foi divulgado que será lançado o conto “A Rainha” que falará da Seleção anterior à história da America, onde a Amberly passou de uma plebeia de casta baixa a uma rainha amada e respeitada por todos.

Confesso, está difícil me despedir dessa série. Divertida, empolgante, romântica. Uma distopia leve, ótima para iniciação nesse gênero. Uma história viciante onde as inseguranças de vários mundos completamente diferentes se chocam e tentam encontrar o caminho para não apenas para a realeza, mas para a felicidade de um povo inteiro. Se você ainda não se rendeu não sabe o que está perdendo. Super recomendo!!


0 comentários: