Delírio

07:30 Érica Guimarães 0 Commentários


Título Original: Fever
Autor: Maya Banks
Tradutor: Débora Salles
ISBN: 978-85-8044-805-4
Gênero: Literatura Americana, Ficção Erótica
Páginas: 415
Nota: 4/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino / Amazon








Sinopse: Jace, Ash e Gabe: três dos homens mais ricos e poderosos do país. Eles estão acostumados a conseguir tudo o que querem. Absolutamente tudo. O desejo de Jace é possuir uma mulher cujos encantos o pegaram completamente de surpresa.

Jace Crestwell, Ash McIntyre e Gabe Hamilton são melhores amigos e bem-sucedidos sócios há anos. Eles são poderosos, são imponentes, são irresistivelmente sexy, e Jace e Ash dividem tudo – inclusive suas mulheres.

Quando eles conhecem Bethany, Jace começa a experimentar sentimentos que nunca havia conhecido antes: ciúme e uma poderosa obsessão que o ameaça, o sufoca – e o excita além de seu controle.
Jace não divide Bethany – com ninguém. Ele está determinado a ser o único homem em sua vida e esse sentimento está prejudicando sua longa amizade com Ash. Bethany deveria ser sua e somente sua. Mesmo que isso signifique virar as costas para seu melhor amigo.



Comentários:

Bonjour Anges!!

Mais uma vez nossa “Pilha do Anjo” está com uma leitura mais do que babado e confusão. Sim, hoje é mais um dia de leitura hot por aqui. E o livro da vez é Delírio, o segundo volume da trilogia Breathless, de Maya Banks. Como citei da resenha de “Obsessão”, essa série mostra a história de três amigos ricos, poderosos, controladores e mega-ultra-possessivos que descobrem o amor em textos com muito sexo, porém num contexto de erotismo voltado para a mulher. Ou seja, com uma forte pitada romântica.


Dessa vez conheceremos a história de Jace, o irmão mais velho de Mia (mocinha do anterior), e que no livro anterior foi apresentado como alguém que tinha muitos gostos peculiares em relação ao sexo, sendo um dele a prática ménage, compartilhando sempre uma mulher com seu amigo Ash.

“Delírio” começa com a festa de noivado de Gabe e Mia, e nessa festa, Jace fica apaixonado à primeira vista por uma mulher, que estava trabalhando no evento. Apaixonado é um eufemismo, ele fica totalmente insano, obsessivamente protetor e possessivo. O que é completamente insano, já que ele NUNCA viu essa mulher antes daquele dia.

Bethany é a mulher que despertou toda essa tempestade de sentimentos em Jace. Ela seria o outro lado da moeda, pois o que Jace tem de protetor e possessivo, Bethany tem de necessidade e carência extrema, em todos os sentidos, desde a parte material, de bens, até a parte emocional, pois nossa heroína é sozinha no mundo, com uma única exceção, um irmão postiço.

Logo no início da trama, há um ménage à trois com Bethany, Jace e Ash, e é meio ali que nosso herói descobre que não consegue mais compartilhar. E sério, essa cena foi bem hardcore, mas o mais legal é o fato de apesar de todo o fervor da cena ainda é possível ver e sentir as mudanças de sentimento de cada um dos envolvidos.

Jace tenta então um relacionamento com Bethany, mas o choque cultural e financeiro entre eles é gigantesco e isso acaba provocando em Jace a sensação de desconfiança, enquanto Bethany sente uma insegurança absurda. E é ai que entra o conflito da trama, pois a dificuldade que Jace tem de confiar, através de situações que envolvem nossa heroína, seu irmão e até Ash atrapalha todas essas relações. No entanto, o tom dessas falhas não é irritante, pois Jace não fica totalmente cego. Logo depois de cada surto de ciúme, ele percebe que estava errado e tenta consertar as coisas.

Além das diferenças culturais e financeiras, Maya Banks ainda trata sobre amores platônicos e vícios. E assim como no livro anterior, o leitor se vê refletindo sobre como reagiria em determinadas situações e isso faz com que a conexão com os personagens seja gigantesca.

E mais uma vez, falo como fã surtada e mais que recomendo o livro. Uma leitura intensa e extremamente prazerosa. Uma história permeada de cenas de sexo, mas com muita história envolvida. Só posso terminar essa resenha dizendo que estou mais do que ansiosa para ler “Fogo” o livro que fecha essa trilogia contando a saga amorosa de Ash.


0 comentários: