Os Mistérios de Enola Holmes – O Caso da Crinolina Misteriosa

08:30 Milena Cherubim 0 Commentários


Título Original: The case of the Cryptic Crinoline an Enola Holmes Mistery
Autor: Nancy Springer
Tradutor: Paulo Ferro Jr
ISBN: 978-85-7679-499-8
Gênero: Ficção – Literatura norte-americana
Páginas: 160
Editora: Novo Século
Nota: 4/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Submarino / Saraiva






Sinopse:
Para Enola, que tem saudades de sua mãe ausente e continua fugindo de seus irmãos mais velhos, parece ser fundamental em sua vida o fato de que seu nome de trás para frente se soletre Alone, ou seja, sozinha, em inglês. Seus dias em Londres são solitários, e ela conhece pouquíssimas pessoas, com exceção de sua senhoria, Sra. Tupper. Que apesar de quase surda, e péssima cozinheira, é muito afetuosa – na verdade o mais próximo que Enola tem de uma família nestes dias. Então imagine seu horror quando ela descobre que a Sra. Tupper foi sequestrada? Quem a levou, e por quê? E o que Florence Nightingale tem a ver com isso? Parece que há mais coisas sobre a bondosa Sra. Tupper do que o olho poderia dizer. E sem se importar com o risco, Enola não descansará até que sua querida Sra. Tupper esteja a salvo em casa. E quem quer que a tenha levado, é melhor se cuidar – porque desta vez, é pessoal.

Comentários:
Nesse livro Enola está com os nervos em frangalhos. Sua senhoria está desaparecida. Ela recebeu uma carta ameaçadora mandando ela entregar a mensagem do pássaro. Mas nem a Sra. Tupper, nem Enola sabiam o que era.


Mas para uma mente brilhante como a da família Holmes. Era fácil descobrir o que acontecera. Contudo Enola não estava preparada para isso. Os londrinos tiveram uma guerra muito complicada. A guerra de Crimeia. 


A Guerra da Crimeia aconteceu entre 1853 a 1856 e uma figura muito importante surgiu dela. A Dama da Lamparina.


Florence Nightingale foi uma enfermeira que auxiliou os doentes na guerra. A parte fictícia foi que Florence era uma espiã. A autora coloca uma nota na primeira pagina do livro explicando o que é real e o que ela criou. Achei isso muito bom, pois como essa leitura é juvenil explica aos leitores e não deixa em aberto como se tivesse acontecido de verdade.
Sherlock foi contratado para auxiliar no caso do desaparecimento da Sra. Tupper. Motivo: Enola foi até a Srta. Nightingale e disse que sua senhoria havia sumido e que os raptores queriam a mensagem que até então Enola não sabia o que era. Mas a tinha levado até lá.
Entre fugas, decepções e elucidações Enola descobriu que amava e tinha medo de seu irmão. Descobriu que as senhoras da alta sociedade  londrina conheceram sua mãe e falavam sobre ela. E Shelock por sua vez descobriu algo a que pensar. Curioso? Leia, a série é muito boa!








0 comentários: