A Fada

08:30 Érica Guimarães 0 Commentários


Autor: Carolina Munhóz
ISBN: 978-85-7734-303-4
Gênero: Ficção Brasileira, Fantasia
Páginas: 255
Editora: Leya
Nota: 4/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino

Sinopse: Jovens costumam ganhar presentes caros, viagens ou festas surpresas em aniversários de 18 anos. Melanie Aine ganhou o falecimento do pai, o abandono da mãe, uma estranha tatuagem e a descoberta de que não era humana.
Como se tudo isso não bastasse, Melanie descobriu que faz parte de um mundo onde seres mágicos existem e que sua vida comum na enevoada Londres estava com os dias contados.Agora ela terá de remexer no passado de sua família para descobrir que tem uma missão que lhe foi designada, encontrando um legado com segredos inimagináveis.A única parte recompensadora dessa história parece vir do encontro com um bonito homem misterioso, oriundo de uma família de bruxos poderosos. No entanto, a relação dos dois caminha em uma linha tênue entre o afeto e fúria.Um afeto que pode levá-la à transcendência e à vida eterna.Uma fúria que pode conduzi-la à morte e ao esquecimento.Dentre muitos feitiços, lutas, criaturas mágicas e eventos sobrenaturais, A Fada é uma historia de descobertas e superações, sobre como o amor pode fazer as pessoas redescobrirem a vida e sua magia.



Comentários:

Bonjour Anges!

Hoje é dia de mais uma leitura da nossa “Pilha do Anjo”. E dessa vez trago pra vocês um livro nacional. Fazia um tempinho que eu queria resenhar os livros da Carolina Munhóz, e aproveitei o clima que a visita dela à São Paulo para o lançamento de seu novo livro trouxe e aqui estamos.


A Fada é o primeiro livro da autora, que ela escreveu quando tinha apenas 16 anos, ela passava por momentos conturbados e graças a um sonho surgiu a inspiração para a história.

1ª Edição pela Editora Arte Escrita
O livro em primeira pessoa é narrado pela Melanie Aine das Fadas, uma garota que cresceu solitária e que na noite em que completou 18 anos acabou ganhando sua primeira festa de aniversario, uma surpresa e tanto! Mas, o presente não parou por aí, na mesma noite seu pai acabou falecendo e uma estranha tatuagem de fada apareceu magicamente em sua pele.

Depois de todas essas surpresas, Mel ainda se deparou com uma verdade que nunca havia imaginado, a jovem na verdade era uma fada. E mais, não uma fada qualquer, mas a princesa delas, herdeira do trono em Fairyland, a dimensão das fadas.

Com tudo isso na cabeça, a jovem ainda tem que aguentar mais um baque: sua mãe simplesmente a abandona e, mesmo humana, se muda para Fairyland, para governar a dimensão. Você deve ter se perguntado: se a Melanie é a herdeira do trono por que ela não se mudou logo para a dimensão das fadas? Ela até teria ido, se pudesse, mas uma missão a prende na dimensão dos humanos.

Com sua vida de pernas pro ar e sem saber qual é a bendita missão que a impede de ir para a dimensão das fadas, Mel se torna alguém deprimida, amargurada e extremamente triste. Ela não vê luz em seu futuro e não tem motivação para nada.

Mas, isso muda quando ela encontra Arthur Wales. E é a partir desse encontro que essa história toma o rumo para uma mensagem de amor muito linda. Os dois aprendem e amadurecem juntos e acompanhar essa evolução é bem interessante.

E nessa evolução há muita magia, não apenas a sobrenatural e fantástica, mas a magia humana, onde o conhecimento de si mesmo e a compreensão do seu lugar no mundo abre portas para a luz e para uma vida mais feliz.

Uma coisa que não posso deixar de comentar é sobre o romance relâmpago. Tudo bem que tem toda uma explicação e uma magia toda envolvida, mas o fato de que Melanie e Arthur se apaixonam e juram amor eterno em questão de horas (literalmente) é um pouco incomodo.

2ª Edição Pela Editora Novo Século
O ponto mais alto da história está em seu final, há uma reviravolta em tudo o que foi construído durante a leitura e que realmente me surpreendeu (e confesso que me fez chorar também).

A edição da Leya na verdade é a terceira. A primeira edição foi lançada pela editora Arte Escrita e a segunda edição pela editora Novo Século. Eu tenho a versão da Novo Século também, mas tenho que citar que a edição atual é a mais linda das três, não só pela capa, mas toda a diagramação e organização, tendo muitas borboletas.

E há um acréscimo nessa edição, tem incluído o conto Outra Vez na Escuridão que é inspirado no universo do Inferno das Fadas, segundo livro da autora, também publicado pela editora Leya. Esse conto tem a Leanan Sidhe Sophie em um de seus relacionamentos onde ela inspira o artista para poder recarregar sua energia. E pra quem já leu tudo o que a autora já lançou pode dizer com segurança, é a melhor criação dela. O conto é fantástico!

Então mais que recomendo o livro pra quem curte fadas, pra quem não conhece e é curioso com esse mundo fantástico e pra quem é romântico ou está precisando de um pouco de ânimo e amor na vida. Essa é uma leitura que vale muito a pena.


0 comentários: