Um Olhar de Amor

08:30 Érica Guimarães 0 Commentários


Título Original: The Look Of Love
Autor: Bella Andre
Tradutor: Bárbara Menezes
ISBN: 978-85-8163-115-8
Gênero: Ficção Norte-Americana, Adulto
Páginas: 256
Editora: Novo Conceito
Nota: 4/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino







Sinopse: A noite não poderia ter sido pior para Chloe Peterson. O machucado em seu rosto comprova isso. E quando seu carro sai da pista e acaba em uma vala, ela se convence de que não pode ser verdade que aquele homem bonito parou para ajuda-la. Será isso mesmo?
Chase Sullivan, fotógrafo de sucesso que viaja pelo mundo, tem várias mulheres a seu dispor. Quando está em São Francisco, um de seus sete irmãos sempre fica no seu pé. Chase acredita que sua vida é perfeita do jeito que está; até a noite em que encontra Chloe e seu carro destruído em uma estrada de Napa Valley. Chase nunca conhecera alguém tão amável, mas logo percebe que Chloe tem problemas muito maiores que um carro destruído. No entanto, apesar de não se dar conta de que sua vida mudaria para sempre, Chase não está nem um pouco relutante diante disso. Ele está decidido a lutar pelo coração de Chloe, mas ela jurou a si mesma nunca cometer o erro de confiar em um homem novamente...


Comentários:

Bonjour Anges!!

Aqui estou eu, novamente com a missão de tentar diminuir a nossa “Pilha do anjo”. E como nem só de chick-lit vive a minha pessoa resolvi trazer um dos gêneros mais babado e confusão dos últimos tempos: o romance adulto  erótico.

Alguns já devem até ter torcido o nariz ao ver o gênero, mas não deixemos o preconceito literário imperar aqui, ok? Pra muitos, como eu, que passaram os últimos anos sendo leitores assíduos da Harlequin não é surpresa essa quantidade absurda de lançamentos com esse tema e as editoras estão investindo muito, aproveitando a onda de sucesso. E a Novo Conceito não poderia ficar fora e trouxe a série de livros sobre os irmãos Sullivan da autora Bella Andre.

Em “Um Olhar de Amor”, primeiro livro dessa série, Chloe, uma linda mulher com 30 anos está com problemas com seu ex-marido e, desesperada acabou tendo com seu carro saindo na estrada numa noite chuvosa. Sem saber o que fazer se deparou com um homem, alto, forte e muito simpático, Chase Sullivan, que ao vê-la naquela situação, ofereceu-lhe ajuda, e claro, ela jamais recusaria. Como já estava tarde, e ela não tinha onde ficar, Chase resolveu então, após um bom tempo de conversa, levá-la para a casa para onde estava indo, por sinal, do irmão dele, Marcus Sullivan. E ela a princípio não gostou muito da ideia, até que, finalmente, cedeu. 

Chegando ao vinhedo de seu irmão, Chase fora incrivelmente gentil com Chloe. É óbvio que desde o primeiro momento em que se viram, rolou uma química, mas a tendência aqui é sempre piorar, ou melhor, aumentar. Então, Chloe foi tomar um banho, para se recuperar, pois estava muito abatida e com alguns ferimentos e a partir disso que começa verdadeiramente toda a parte romântica do livro.

Antes de qualquer coisa, preciso expressar meu divertimento com essa série. Acredito que os pais de Chase eram no interior e não tinham televisão, porque eles tiveram oito, sim você leu certo, OITO filhos. Seis rapazes e as gêmeas. Isso significa que é bem provável que tenhamos oito livros com cada um deles encontrando o amor.

Mas, fora esse exagero de tamanho da família principal a autora me cativou. Com um estilo onde se intercala o ponto de vista tanto do Chase como da Chloe, Bella Andre trabalhou bem os sentimentos de cada um, deixando mais crível toda a química entre os personagens e a evolução rápida do relacionamento.

Tudo bem que se apaixonar loucamente a ponto de não conseguir viver sem a pessoa em apenas quatro dias é BEM forçado, mas a construção da confiança entre a Chloe e o Chase, a superação dos traumas não deixou que esse detalhe realmente chegasse a incomodar.

As cenas hot são de tirar o fôlego, e o melhor, não são escritas com uma linguagem vulgar, pelo contrario, chega a ser quase, QUASE poético. E o que deixa ainda mais legal é o fato de não ser apenas o ato mecânico, mas tem também toda a carga emocional que ele trazia aos personagens.

E a mensagem do livro é muito bonita, afinal tudo nos mostra que o amor não é um sinal de fraqueza, ao contrário, quando amamos corremos muitos riscos e somente os corajosos se entregam a esse sentimento.

Ótima leitura para aquelas tarde chuvosas, pra época da TPM com a carência absoluta ou quando se está desacreditada com o maior dos sentimentos. 



0 comentários: