Segredos Perigosos

08:30 Érica Guimarães 0 Commentários










Título Original: Untouched Until Marriage
Autor: Chantelle Shaw
Tradutor: Vera Vasconcelos
ISBN: 978-85-398-0009-4
Gênero: Ficção Norte-Americana
Páginas: 183
Editora: Harlequin Books
Nota: 3,5/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino






Sinopse: Mãe do bebê Carducci... Ou virgem inocente?
Quando Raul Carducci soube que um bebê poderia pôr sua herança em risco, decidiu mostrar as garras. Um novo herdeiro dos Carducci não usurparia o que era dele por direito. Para proteger o pequeno Gino, Libby Maynard fora forçada a fingir que era sua mãe, mas não esperava ter de utilizar essa farsa com Raul... E então ele a pediu em casamento com sua voz forte e sedutora. Incapaz de recusar, Libby se tornou sua esposa... E rezou para que a verdade não fosse descoberta na noite de núpcias!


Comentários:

Bonjour Anges!!

Hoje estou aqui para trazer um acréscimo para a “Pilha do Anjo”. Sim, além das parcerias que recheiam essa pilha (e que não sou poucas) resolvi dar um toque pessoal também. E eis que surge mais um gênero que vem para desmistificar preconceitos: os romances Harlequin.


Já estou vendo mais pessoas torcendo o nariz e pensando “primeiro a modinha do erótico, agora os romances de banca”. Mas, se pensarmos com lógica, apenas estou trazendo o pioneiro desse gênero. Afinal há muitos anos a Harlequin traz esses romances adultos e como fez parte da minha infância resolvi mostrar alguns.

As publicações da Harlequin sempre são divididas em subgêneros e separadas em sessões como “Sabrina”, “Jéssica”, “Bianca”, “Históricos” e alguns mais recentes como o “Harlequin Desejo” e “Harlequin Paixão”. E dentro dessas categorias são feitas algumas séries. O mais legal é que a maioria das vezes essas séries, mesmo se tratando da mesma família ou grupo de amigos tem cada um dos livros escritos por uma autora diferente. Um exemplo disso é uma das sagas mais recentes a “Fama e Poder” onde conta a historia de seis irmãos e cada um deles é feito por uma autora diferente. É o que deixa ainda mais interessante, pois além do estilo mudar, você nunca sabe o que esperar da continuação, pois é 100% independente.

Mas, há também as séries onde se juntam as historias com elementos característicos, mesmo que nenhuma das histórias tenha ligações umas com as outras. E esse é o caso do livro que eu trago hoje. Ele faz parte da série “Maridos Italianos”. E quem me conhece sabe que simplesmente não resisto há uma história com italianos envolvidos. Eles sempre são sexies, super ligados à família, por vezes arrogantes, mas muito, MUITO quentes. E assim não há mulher que resista ao poder de sedução deles.

E esse livro não foge dessa regra. Logo de cara conhecemos Libby Maynard, que se mudou recentemente para o interior, seguindo os planos que sua mãe e ela haviam traçado. No entanto, com a morte da mãe, ela agora precisa cuidar de seu irmão mais novo com a renda baixíssima de sua pequena loja de produtos naturais.

A situação está bem vermelha e pra ajudar o pequeno Gino, que tem apenas 10 meses de vida, está sofrendo com uma bronquiolite e uma pneumonia e os fungos do pequeno apartamento úmido só pioram esse quadro das doenças respiratórias.

É bem nesse cenário que subitamente aparece Raul. Herdeiro do império Carducci, ele está convencido de que Libby, que se diz mãe de Gino, era amante de seu pai e, por conta disso, está determinado a leva-los para a Itália para poder cumprir as clausulas do testamento deixado por Pietro pouco antes de morrer.

Por ter o mesmo nome que sua mãe e temer perder a guarda de seu meio-irmão, Libby aceita ir até a Itália e, com isso, temos todos os elementos para montar um bom drama digno de novela mexicana.

O gostoso desse livro é ver que apesar dos dois acabarem sempre escondendo alguma coisa isso não os impedem de se apaixonar perdidamente. E o amor pelo pequeno Gino os une ainda mais, fazendo com que uma união que tinha tudo pra dar errado acabe virando um casamento de sucesso.

Esse é literalmente o tipo de leitura de uma tarde, um livro pequeno e bem dinâmico, sendo excelente pra relaxar, arrancar risadas de algumas situações surreais e suspiros com os belos espécimes masculinos que aparecem.


0 comentários: