Do Seu Lado

09:00 Érica Guimarães 0 Commentários


Autor: Fernanda Saads
ISBN: 978-85-63219-00-8
Gênero: Ficção Brasileira
Páginas: 317
Editora: Novo Conceito
Nota: 4/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Saraiva / Cultura / Submarino










Sinopse: Sarah é uma arquiteta nada glamorosa que não dedica tempo à família e fantasia sobre o dia em que reencontra o ex-namorado e o faz perceber que perdê-la, ou melhor, deixa-la, foi seu maior erro. No fundo, ela imagina que nunca poderá ser tão feliz com alguém como foi por ele. Já sua família, seu terapeuta e Igor, seu melhor amigo, são totalmente contra qualquer coisa relacionada a esse assunto. Mas quando o destino prepara uma surpresa e ela se vê diante da grande chance de tê-lo de volta e dar o troco, as coisas saem do controle. Será que ela vai conseguir se manter firme no seu propósito ou vai cair novamente nas garras do irresistível Bruno? Ou será que ela vai parar de procurar tão longe e perceber que o amor pode estar... Do seu lado?

Comentários:

Bonjour Anges!

E aqui estamos com mais uma acertada leitura da “Pilha do Anjo”. E pra não quebrar a rotina das ultimas aparições continuo percorrendo o maravilhoso caminho do Chick-Lit. E dessa vez o que mais me anima é que o escolhido da vez é um dos poucos Chick-Lit nacionais.


Do seu Lado da autora Fernanda Saads é um livro que não foge dos clichês dos romances. Temos a mocinha confusa, perdidamente apaixonada pelo canalha enquanto seu melhor amigo fofo e perfeito é perdidamente apaixonado por ela sem que a mesma o perceba. Sim, muita gente não gosta muito desse tipo de triângulo (ou quadrado) amoroso. Mas, eu simplesmente adoro!! Afinal, quem nunca se apaixonou por um amigo próximo e nunca foi notado enquanto ele quebrava a cara em outros relacionamentos que atire a primeira pedra.

Sarah, nossa protagonista, é uma arquiteta nenhum pouco convencional. Trabalha em uma empresa bastante reconhecida no mercado com seu amigo Igor. Desde a faculdade, lugar onde se conheceram, eles vivem grudados. Cumplicidade, brincadeiras, risos, filmes e séries são elementos que não faltam na amizade dos dois. Porém, esse relacionamento entra em contradição quando Bruno, o antigo namorado de Sarah, volta repentinamente para a vida deles. 

Sarah poderia ser você ou sua melhor amiga. Afinal, quem nunca preferiu enfeitar a realidade a ter que lidar com o lado cruel (e verdadeiro) dos fatos? Dá vontade de sacudi-la, de perguntar se ela não está enxergando certas coisas. Mas Sarah não ouviria. Porém, realidades inventadas não resistem por muito tempo. Aos poucos Sarah começa a se questionar a respeito do que é o verdadeiro amor e, quando finalmente chega a uma definição, pode ser tarde.

O livro fala sobre o amor de forma muito bonita e especial. Sarah descobre que nunca havia amado e que tudo aquilo que idealizava e tinha como conceito sobre o amor, estava errado e logo em seguida ela começa a descobrir o que o verdadeiro e duradouro amor significa a partir do momento em que ela se encontra amando alguém de verdade.

Esse é um daqueles livros leves, de leitura rápida. Meio surtante, pois a cegueira de Sarah chega a irritar profundamente em algumas horas, mas a história é terrivelmente fofa. Recomendo para aqueles que estão à procura de algo mais suave e romântica.


0 comentários: