O Vendedor de Armas

00:01 Rafael Dias 2 Commentários


Título Original: The gun seller  
Autor: Hugh Laurie
ISBN: 978-85-7665-483-4
Gênero: Ficção Inglesa
Páginas: 287
Editora: Planeta
Nota: 5/5
Estante: Skoob
Onde: Submarino/Saraiva


Sinopse:
É possível ter um caráter duvidoso, respostas afiadas, humor destruidor e, ainda assim, ser uma pessoa genial. Hugh Laurie, formidável intérprete do Dr. House, soube se afirmar na TV e continua seu excelente trabalho com esta história de tirar o fôlego na qual é visível todo o seu consagrado estilo.
Quando Thomas Lang, ex-militar de elite, recebe uma proposta de 100 mil dólares para assassinar um empresário norte-americano, ele decide, imediatamente, alertar a suposta vítima – uma boa ação que não ficará impune.Em questão de horas, Lang terá de se defender com uma estátua de Buda, jogar cartas com bilionários impiedosos e colocar sua vida (entre outras coisas) nas mãos de muitas mulheres fatais, enquanto tenta salvar uma linda moça e impedir um banho de sangue mundial.
Encontramos nesta história muito do que se vê em um episódio de House, o mau espírito salvador e a réplica assassina de Hugh Laurie, a serviço de uma intriga apaixonante e de um personagem que não será esquecido tão cedo. Um ator que saiba escrever bem é algo raro, mas Hugh Laurie, misturando humor com uma eficácia hollywoodiana, faz uma entrada talentosa no mundo da literatura.




Em meio a uma Londres sempre cinzenta e chuvosa, mas apaixonante se desenvolve uma trama de intrigas, mortes e disputa pelo poder. Tudo acompanhado por muito sacarmos, já conhecido pelos fãs da série House em que o Autor Hugh Laurie interpreta o polêmico médico. Na trama o ex-soldado britânico Thomas Lang vai cair de paraquedas numa trama internacional que envolve “terroristas”, políticos, empresários gananciosos e até mesmo agências governamentais.  

O estilo do texto que parece um pouco extravagante no começo acaba apaixonando o leitor e nos leva a embarcar junto com Lang numa clássica aventura policial ou seria de espionagem.

Podemos concluir que o texto não demonstre nenhuma grande novidade, mas talvez seja isso que faça de "O Vendedor de Armas" um livro tão eficiente, capaz de agradar os leitores desde literatura fantástica, como os de ficção policial e militar. Enfim, é uma trama muito bem organizada e desenvolvida pelo autor com uma “pitada”, aliás, eu diria mais uma “porção generosa” do sarcasmo britânico de Laurie.


RAFAEL DIAS




2 comentários:

  1. Olá, Rafa.
    Li esse livro assim que lançou e fiquei apaixonada pela história. Apesar de ter um pouco de exagero em algumas coisas, adorei a trama, o personagem e tudo mais.
    Bem que o autor podia ter criado uma série, né?! rs...
    Beijos
    Camis - Leitora Compulsiva

    ResponderExcluir
  2. Concordo com vc Camila, tem alguns exageros bem típicos do House e do humor britânico mesmo. Mas que dava uma ótima série dava mesmo....bjs e boas leituras

    ResponderExcluir