6º Alvo

09:30 Milena Cherubim 2 Commentários


Título Original: The 6th Target
Autores: James Patterson e Maxine Paetro
Tradutor: Marcelo Mendes
ISBN: 978-85-8041-054-9
Gênero: Suspense – Literatura americana
Páginas: 208
Editora: Arqueiro
Nota: 4/5
Estante: Skoob
Onde comprar: Cultura / Submarino / Saraiva






Sinopse: Um assassino fora de controle Quando um homem abre fogo contra uma balsa lotada no porto de São Francisco, a tenente Lindsay Boxer é imediatamente convocada. Ao chegar ao local, ela se depara com um cenário assustador: três pessoas estão mortas e sua amiga Claire Washburn encontra-se gravemente ferida. A tenente promete a si mesma que vai colocar o criminoso atrás das grades. O sequestro de uma criança Trabalhando com o inspetor Richard Conklin, Lindsay consegue prender o assassino. Assim que o julgamento começa, outro caso desperta a atenção da polícia. Madison Tyler, de 5 anos, filha de um conhecido jornalista, desaparece perto de casa. Não há tempo a perder Enquanto Yuki Castellano tenta condenar o atirador da balsa à pena máxima, Lindsay tem que deter o sequestrador. Outras crianças foram raptadas, mas não houve pedido de resgate. Numa corrida contra o relógio, a tenente sabe que precisa encontrar os pequenos reféns antes que seja tarde.


Comentários:

Mais uma obra de tirar o fôlego. Nada é o que parece. James Patterson consegue nos deixar irritado, emocionado, extasiado e, claro, muito muita vontade de quero mais.
No 6º Alvo Lindsay tem que desvendar um sequestro, um atentado com mortes na balsa e vários homicídios em um prédio residencial. O problema é que dois eventos tinham relação com suas amigas.
Na balsa Claire foi baleada e poderia morrer. No prédio residencial Cindy poderia ser a próxima vítima. O único caso que não tinha relação era o sequestro de uma menina prodígio filha do dono do jornal Chronical.
O autor explora ao máximo a sanidade dos seus leitores. Lindsay era chefe e voltou ao cargo antigo. Seu namorado nada presente faz com que tome certas atitudes que jamais tomara. O caos formado pelo rapto, a esperança de conseguir achar com vida e sem nenhum trauma. Um belo julgamento para Yuki que, confesso, roí as unhas de tão emocionante que estava. E depois ver que nada era aquilo. Juro me deixou muito querendo mais.
Preciso saber o que ocorreu com o Alfred. Se Lindsay aceitou ou não Joe. Se o crush pelo seu novo parceiro Richard vai ser enfim sucumbido. James não nos deixa respirar nos livros.
O Clube das Mulheres contra o Crime deveria virar seriado de TV. No inicio você pode se sentir meio perdido com três ou quatro casos sendo apresentado, porém o autor consegue fechar com chave de ouro todas as histórias secundárias e a principal você chega à conclusão que não haveria outra forma para acabar.


2 comentários:

  1. Li apenas o volume 1 desta série, mas adorei e pretendo continuar com a leitura dos outros volumes.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  2. Jura??? Eu estou louca pelo 1, 2 e 3. Como é pela Rocco não acho mais...

    ResponderExcluir