Hex Hall

01:00 Milena Cherubim 2 Commentários

No mínimo inusitado. Sim, sei que já é antigo esse livro, a Galera Record lançou em 2010, mas só o li agora e posso dizer que é diferente.
Rachel Hawkins coloca bruxas, fadas, vampiros, lobisomens e mais algumas coisitas no Hecate Hall, o colégio para Prodígios encrenqueiros.
O Hecate é conhecido pelos alunos como Hex Hall, daí o nome do livro. Mas por que Hex? Bom, Jenna, a vampira, nos explica que “Hex quer dizer feitiço”, portanto um bom nome.
A personagem principal é uma menina chamada Sophie Mercer. Ela foi para o Hecate por fazer o feitiço do amor. Não para ela e sim para um humano. Parece uma coisa simples não? Mas o baile foi um fiasco, o carinha estava alucinado pela menina em questão que acabou entrando com o carro no ginásio. E Sophie foi punida, claro. Ela tinha muito poder. E o Conselho vigiava os que eram poderosos.
Amizades forma feitas. Inimigos foram conquistados. Mistérios, surpresas, mortes, atentados e revelações, isso tudo aguarda quem abrir as páginas de Hex Hall. Ah! O livro não é único, é uma série de pelo menos mais dois tomos, mas até agora só foi lançado esse no Brasil.

Nota da Milena: O livro é facinho e delicioso de ler. A vida de Sophie vira de cabeça pra baixo e ela toma algumas atitudes que na minha humilde opinião são as melhores. Quero a continuação. Preciso saber o que acontece depois rsrs

Nota:


Serviço:



Título Original: Hex Hall
Autor: Rick Rachel Hawkins
Tradutor: Camila Mello
ISBN 9788501086075
Gênero: Ficção norte americana
Páginas: 304
Editora: Galera Record





2 comentários:

  1. Amiga.....saudade de nossos papos pelo msn.

    Abraços

    ResponderExcluir
  2. Nada haver, mas esta capa me lembrou "As Panteras".
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir