Doença e Cura

00:02 Milena Cherubim 3 Commentários

Fabian Balbinot apresenta uma nova versão de vampiros. Uma nova raça. O vampiro do vampiro. A história começa com o “demônio” falando para o vampiro o aguardar que ele voltaria logo. Um experimento estava ocorrendo.
Que experimento? A cura. Sim. Havia uma cura, isso era o que o demônio estava fazendo com os vampiros que eram capturados. Eles eram as cobaias. Os vampiros sentiam o rastro de sangue delicioso, com um aroma que impregna o olfato e deixa o vampiro louco. Lambendo o chão como um animal.
Como fazer para que o parasita não o intercepte? Difícil de saber. Os vampiros que acabam com a ‘cura’ tem algo dentro deles que fazem eles matarem para beber o sangue humano e na manhã seguinte o sangue some por todos os poros.
O livro tem vários personagens. Cada capítulo é narrado de forma diferente.  Um dos capítulos é um roteiro de teatro.
Nota da Milena: Quando coloquei na estante do skoob esse livro eu o imaginei totalmente diferente. Imaginei perseguições, o terror entre as espécies, a fuga, muita carnificina... mas quem espera isso se engana. O livro tem uma temática diferente, muitos gostaram, mas eu infelizmente não gostei. A diagramação não está boa, a fonte está muito pequena. Não consegui visualizar as cenas e isso em todos os livros que leio desde romance até batalhas fica muito nítido para mim. Nesse livro infelizmente não aconteceu.

3 comentários:

  1. Vampiros me cansaram um pouco. Precisa ser muito inovador ou cativante para me conquistar.

    ResponderExcluir
  2. Eu adoro histórias de vampiro e quanto mais diferentes as versões, melhor! Mas eu me importo muito com diagramação e qualidade do livro, então vou deixar passar!
    beijos
    Camila

    ResponderExcluir
  3. Eu adoro histórias de vampiros e várias já estão na minha lista de preferidas mas essa particularmente não chamou minha atenção, tbm me importo com a diagramação mas se o livro for muito bom até relevo. Bjsss

    ResponderExcluir