The 39 Clues - Labirinto dos Ossos

22:59 Milena Cherubim 3 Commentários

Essa série começa com o escritor Rick Riordan. Em Labirinto dos Ossos os irmãos Cahill, Dam e Amy, tem que decidir o que fazer. Seus pais morreram quando ainda eram pequenos. Sua guarda ficou com a tia avó Beatrice que não os suportavam, só queria o dinheiro, que seus pais deixaram para as crianças e que ela administrava. Mas os irmãos ainda tinham a avó. Grace Cahill era uma avó diferente. Ela não queria que a chamassem de vó, os ensinava tudo o que podia.
Amy amava história. A biblioteca era sua segunda casa. Já Dan tinha memória fotográfica. Adorava colecionar. Dan colecionava lápides, tampinhas de garrafas, cards tudo o que achava interessante.
Mesmo com as visitas a casa da avó, as crianças sempre perguntavam o motivo de elas não morarem com Grace. No entanto a avó sempre fugia do assunto. Mas na verdade Grace estava morrendo. E com isso um legado enorme estava prestes a acometer a família Cahill.
No dia do funeral de Grace todos os parentes Cahill estavam presentes. Não existe só Cahill na família. Como em toda família os sobrenomes mudam por causa de casamentos ocorridos, mas mesmo assim continuam Cahill.
Grace preparou tudo. Como ela era a matriarca da família, Grace tinha muitas posses e com isso a família se reuniu para receber o dinheiro. Mas... não era só de dinheiro que estamos falando. Grace escondia um segredo, seus netos jamais souberam das 39 pistas. Que pistas? E elas levavam para onde ou para o quê?
Em algumas cadeiras Grace deixou um convite. Nesse convite que alguns membros da família receberam os presentes poderiam escolher um cheque de 1 milhão de dólares ou 1 das 39 pistas que levam para um bem maior. O poder! O advogado, Willian McIntryre, mostrou o vídeo de agradecimento e esclarecimento da matriarca.
Muitos escolherem o dinheiro. A tia Beatrice mandou as crianças escolherem o dinheiro ou não iria mais ficar com eles. Mas Amy e Dan achavam que Grace queria que eles ficassem com as pistas. Amy não sabia explicar, só sabia...
Quem ficou com as pistas? Amy e Dan Cahill, a família Holt, Jonah Wizard, os Kabra, Irina Spasky, os trigêmeos Starling e o tio Alistair Oh.
Com a 1º pista na mão Amy e Dan tinham que descobrir o que significava e para onde estava levando... mas para isso eles precisam de alguém em quem confiar e que possa viajar com eles. Depois de várias babás, a tia Beatrice conseguiu uma Au Pair chamada Nellie. Mas o advogado falou para as crianças jamais confiarem em ninguém. E quando ele disse ninguém era em ninguém e quem sabe nele também...
Só que eles precisavam de ajuda. Amy com 14 e Dan com 11 era impossível eles viajarem para qualquer lugar do mundo e como sua avó e seus parentes falram, eles não poderiam sair de Boston. Simplesmente porque não tinham dinheiro e nem idade suficiente para viajar sem acompanhante. Já sua Au pair Nellie era perfeita, sempre os ajudava. Agora vamos para a 1º pista. REF. DO SEGREDO: RESOLUÇÃO para descobrir o que aparece procure Richard S_____.
Estranho não? Contudo cada integrante da família Cahill foi atrás. Amy sempre buscava por conhecimento em biblioteca.  Dan nunca gostou de biblioteca, mas foi com a irmã para a mais completa biblioteca que Amy conhecia. A de sua avó Grace. Chegando lá encontrou o Tio Alistair. Lá encontraram a biblioteca secreta que Grace tinha. Chegando lá, Amy encontrou um autor da pista e também encontraram Saladin, o gato de Grace,ah sim, e o colar de jade que Amy adorava e que estava sempre no pescoço de sua avó.
Quando estavam quase descobrindo mais sobre a pista, Dan sente cheiro de  fumaça. Ai problema.... Dan tem asma e com a inalação da fumaça pode morrer. Mas quem colocou fogo na biblioteca. Ou melhor quem descobriu sobre a biblioteca secreta?
É... entre mortes, brigas, lutas e mistérios o que Amy e Dan conseguirão fazer para se manterem vivos? Como o advogado falou “ninguém é confiável”. E com as pistas que os irmãos acharam o único lugar que os Cahill chegaram foi O Labirinto dos Ossos.
Nota da Milena: E aí, curioso? Não é para menos. Essa série é digna de Sir Arthur Conan Doyle. Com muito suspense, deduções maravilhosas, pesquisas e muita cultura norte americana, pois muitos dos personagens citados no livro são da família Cahill rsr Para informações sobre a série acesse a página no facebook.

3 comentários:

  1. Esse livro é ótimo. Além de ser escrito pelo tio Rick, a história em si é interessante.
    A série é grande, mas quero ter todos na minha estante. Gostei da resenha.

    Ralf
    meus-erros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Ai Mi, morro de vontade de ler esse livro, ou melhor a serie inteira, parece ser muito boa mesmo e fiquei curiosa com as pistas. Bjsss

    ResponderExcluir
  3. Tenho verdadeira paixão por essa série! Já li todos os volumes publicados aqui no Brasil e não me canso de acompanhar a história de Amy e Dan!!
    Beijos
    Camila

    ResponderExcluir