[Filme] Liga da Justiça


Olá!

E finalmente saiu Liga da Justiça, quem diria que a DC iria tão longe com seus filmes... Eu adorava assistir o desenho no SBT (até cantei mentalmente a abertura no início do filme).
Pois bem, em Liga da Justiça, vemos o mundo passando por momentos bem difíceis depois da morte do Superman (Henry Cavill), o povo tá doido, incontrolável e uma nova ameaça surge, forçando Batman (Ben Affleck) a entrar em ação com um antigo plano, reunir pessoas especiais para que assim uma Liga da Justiça seja formada, para que assim o mundo possa ser salvo mais uma vez!
A ameaça do momento é Steppenwolf (Ciarán Hinds) ou Lobo do Estepe, que como é de se imaginar, é mais um vilão que quer transformar nossas vidas em um verdadeiro inferno. 

Acaba com eles Diana!!!

E como o filho da mãe é extremamente poderoso, Batman e a Mulher Maravilha vão em busca de meta-humanos super poderosos que talvez sejam capazes de destruir a nova ameaça.

Então somos apresentados a Flash (Erza Miller), Cyborg (Ray Fisher) e Aquaman (Jason Momoa), ambos não sabem bem como lidar com o poder que possuem e quem sabe agora, consigam trabalhar em equipe e aprender a usar perfeitamente seus poderes?
Será que apenas os 4 serão capazes de combater esse novo inimigo?
Será bigodon? Ops, Superman

Eu sinceramente acho muita ousadia da DC lançar Liga da Jutiça antes de contar a história de cada um dos personagens, assim como a Marvel (comparando? Sim!), poxa, se a pessoa não assistia aos desenhos é bem provável que fique boiando quando um ou outro personagem aparece. 

Seria importante apresentar cada um dos membros da Liga antes do filme, pois em quase 3h de filme ainda ficaram lacunas nas histórias dos novos personagens. E o vilão? Os ajudantes do vilão dão mais medo que ele.
Mas finalmente a DC está aprendendo a fazer bons filmes. 
 
É perceptível o entrosamento da equipe <3 

Curiosidade: TODAS as cenas em que Superman aparece, ele estava de bigode!!! Isso por causa de uma cláusula contratual que o impedia de retirar para as filmagens de Missão Impossível 6.






 Serviço

Título Brasil: Liga da Justiça
Título Original: Justice League
Duração: 2h 50min
Ano: 2017
Direção: Zack Snyder
Elenco: Gal Gadot, Ben Affleck, Henry Cavill, Jason Momoa, Erza Miller, Ray Fisher, J.K. Simmons, Amber Heard, Ciarán Hinds...
Gênero: Ação, Fantasia, Aventura
Nota: 4/5

[Filme] Thor: Ragnarok


Olá!

Demorei, mas estou aqui!

Assim que entrou em cartaz fui conferir o mais novo filme do deus do Trovão!

Thor (Chris Hemsworth) volta a Asgard com a intenção de manter seu mundo salvo, desmascarar Loki (Tom Hiddleston) e trazer Odin (Anthony Hopkins) de volta ao lar. Mas o plano de ambos acaba não dando muito certo no início e eis que aparece Hela (Cate Blanchett), a irmã banida de Thor e Loki, que está predestinada a destruir Asgard.
Uma Valquíria contra a demônia da Hela
Todos lutam contra Hela só que um acidente acontece e Thor vai parar em Sakkar, um planeta bem hostil onde acaba sendo encontrado por uma mulher de poucas palavras que invés de ajudar nosso herói acaba levando ele para o excêntrico Grão Mestre (Jeff Goldblum) e Thor vira mais um de seus gladiadores. E seu primeiro oponente é nada mais nada menos que Hulk (Mark Ruffalo):
Hulk é adorado nesse planeta porque nunca perde

Bem, Loki (língua de serpente) acabou indo parar em Sakkar também e torna amigo do Grão Mestre e Thor vai parar na casa de Hulk, e descobrimos que a tal mulher que entregou Thor para ser um dos gladiadores é uma Valquíria, uma brava guerreira que lutou por Asgard, mas, por que ela não está mais em Asgard?

Como Hulk foi parar nesse planeta?

O que será de Asgard? Será que Hela conseguirá destruí-la?

Essas e muitas outras respostas você encontra no cinema mais perto de você :)





Serviço
Título Brasil: Thor: Ragnarok
Título Original: Thor: Ragnarok
Duração: 2h 10min
Ano: 2017
DireçãoTaika Waititi
Elenco: Chris Hemsworth, Tom Hiddleston, Anthony Hopkins, Cate Blanchett, Mark Ruffalo, Tessa Thompson, Idris Elba, Jeff Goldblum...
Gênero: Ação, Fantasia, Aventura
Nota: 5/5

Cassandra Clare - As Peças Infernais - Princesa Mecânica


INTERVENÇÃO: Sim, logo de cara uma pequena intervenção. NÃO LEIA A ÁRVORE GENEALÓGICA do início do livro. Passe e só veja no final. Você pega spoiler. E NÃO LEIA O EPÍLOGO ANTES DE LER Cidade do Fogo Celestial, você vai pegar spoiler também.

Agora vamos ao desabafo de Mimi:

Tô tão desanimada... tãoooooo chateada... motivo? Acabou a história de Londres! Buáááá... ok ok estou sendo muito dramática, eu sei. Mas o Will e a Tessa são tão mais legais que Jace e Clary.

O Will é muito amorzinho olhem isso:

– Estava pensando em empacotar Cecily e servi-la aos patos no Hyde Park – disse Will, puzando os cabelos molhados para trás e lançando um raro sorriso a Jem. – Sua ajuda seria muito bem-vinda.
– Infelizmente, talvez precise adiar seus planos de sororicídio por mais tempo. Gabriel Lightwood está lá embaixo, e tenho duas palavras para você. Duas das suas palavras favoritas, pelo menos, justapostas.  – “Total simplório”? – indagou. – “Arrivista inútil”?Jem sorriu.– Varíola demoníaca – respondeu. (pág. 25)

Gente não tem como não se apaixonar pelos personagens das Peças Infernais, eles são cativantes. Quando li essa passagem acima eu fiz aquela cara de “hummm viu como ele tinha razão?”.

Agora... ai senhorrrrrr Magnus Bane (é amor eterno), Jem Carstairs, Will e Cecily Herondale, Tessa Gray, Gideon e Gabriel Lightwood, Sophie Collins, Charlotte e Henry Branwell, mesmo Jessamine Lovelace e até a cozinheira com aquelas músicas infernais afff, é sério olha isso:

Em uma terça-feira se casaram,Antes de sexta, morreram,Foram enterrados no cemitério da igreja lado a lado,Oh, meu amor,E foram enterrados no cemitério da igreja lado a lado. (pág, 289)

Não tem como não ler isso sem cantar. E foi o que fiz, mandando áudio às 2h da madrugada para a Josy – é uma amiga que adora essa série e me pilhou para ler e não me arrependo, é muito boa!

Neste livro vemos o final da história criada por Cassandra Clare, onde, Tessa Gray é a protagonista. Tessa é a princesa mecânica. Uma criatura que consegue se transmutar em qualquer pessoa viva ou morta e saber os pensamentos e até é possível que Tessa converse com as pessoas sendo aquela em que se transmutou. E isso será usado por Mortman. Claro, não tinha como não ser. Lembra que lá no primeiro livro ele disse “eu a fiz”, pois é... ele a criou, mas não é o pai dela. Ufa! Por que olha... eu morreria com um pai assim.

Contudo temos alguns questionamentos sobre esse livro e que para que a história fique redondinha eles serão todos respondidos?

O que Tessa é? Nephlin? Demônio? Feiticeira? Algo diferente?

Ela se casará com Jem, mesmo amando Will também?

Jem está morrendo, ele sobrevive?

Will voltará para a casa dos seus pais com sua irmã Cecily?

Benedict Lightwood tem varíola demoníaca mesmo?

Gideon Lightwood está no Instituto por qual real motivo?

Gabriel Lightwood perderá a pose que tem?

O pingente de anjo no pescoço de Tessa o que realmente ele é?

Mortman consegue sua vendeta?

Qual o real motivo para que Mortman odeie os Nephlins?

Magnus Bane se apaixonou por Will? Eles tiveram alguma coisa? O ciumes de Alec é comprovado?

Milena chorou no livro? Claro ou com certeza???? 

Essa é a única resposta que posso dar sem soltar nenhum spoiler. Sim, com certeza eu chorei horrores, o livro é mega emocionante. Li em uma sentada. Sério, não tinha como parar de ler. Eu queria, não mentira... eu necessitava saber o que tinha acontecido. Até o sono me deixou rs

Sim, todos serão respondidos.

INTERVENÇÃO 2: potaqueopariu quando descobrimos o que é o pingente de anjo de Tessa, eu fiquei muito irritada e claro, mandei novamente um áudio para a Josy. Como ele é burro! Pena que não posso falar. Mas olha... duas vezes????? É ser muito idiota.  

Agora essa narrativa envolvente que Cassandra nos traz no livro... ela te transporta para as ruas da antiga Londres, a caminho de Caidar Idris (uma jogada genial de certo alguém rs) e até se impressiona com a nova Londres pela visão de uma personagem muito querida.  

E afirmo sem qualquer dúvida: As Peças Infernais é muito melhor que Os Instrumentos Mortais.

Uma trilogia muito bem escrita que deixará saudades. Acho que vou pegar novamente para ler, só para não sentir muitas saudades desses personagens.
Bom por hoje é só, beijinhos e até a próxima!

Série: Os Instrumentos Mortais


6. Cidade do Fogo Celestial

Série: As Peças Infernais


3. Princesa Mecânica


SERVIÇO:

Título:  Clockwork Princess: The Infernal Devices
Autor:  Cassandra Clare
Tradutor: Rita Sussekind
ISBN: 978-85-01-09270-0
Assunto:  Ficção americana
Páginas: 434
Editora: Record
Nota: 5/5


Sinopse: Continuação de Príncipe mecânico, “Princesa Mecânica” é ambientado no universo dos Caçadores de sombras, também explorado na série Os Instrumentos mortais, que chega agora ao cinema. Neste volume, o mistério sobre Tessa Gray e o Magistrado continua. Mas enquanto luta para descobrir mais sobre o próprio passado, a moça se envolve cada vez mais num triângulo amoroso que pode trazer consequências nefastas para ela, seu noivo, seu verdadeiro amor e os habitantes do Submundo.